Apple passa a rastrear aparelhos offline de outras marcas através do seu GPS

Find My apple

O Find My é um velho conhecido dos donos de iPhone. O recurso permite encontrar celulares da Apple pelo planeta mesmo que estejam offline. Agora, a companhia anuncia uma importante expansão da tecnologia, que passa a suportar aparelhos de outras marcas – é como se a Apple tivesse um GPS próprio.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (06). Consumidores poderão adquirir de mochilas a bicicletas com chip que permite o rastreamento pelo mundo. Sem depender de internet, como frisam os representantes da companhia.

Para chegar neste resultado, a rede do Find My (“Buscar” na interface em português) se utiliza dos próprios aparelhos da Apple espalhados por aí. Por meio da conexão Bluetooth, cada dispositivo sabe se há outro por perto. E, desta forma, consegue determinar a localização geográfica.

Funciona mais ou menos como o Waze. O serviço do Google requer que cada carro tenha um smartphone conectado à rede. Os dados de milhões de veículos leva a um conhecimento amplo dos caminhos livres ou congestionados. O Find My se baseia nas trocas entre “milhões de aparelhos”. A empresa não revela o número exato de equipamentos interconectados.

A Belkin, por exemplo, embarcou no projeto e irá incluir a funcionalidade em futuros fones de ouvido. Já a fabricante Chipolo criou uma tag que pode ficar junto ao molho de chaves, entre outros usos. Por sua vez, a VanMoof decidiu embarcar o recurso numa e-bike.

Um representante da Apple explicou que a rede do Find My se baseia nos princípios da segurança e do anonimato. Por mais que os aparelhos conversem entre si, eles só trocam pequenos sinais cifrados e não é possível saber quem é o proprietário de cada dispositivo.

Um dos trunfos desta tecnologia impacta os aparelhos perdidos ou roubados. O processo de habilitação requer que o novo produto fique associado a uma Conta Apple. O proprietário será avisado quando ele ressurgir na rede. “Não tem como desparear”, disse um profissional da Apple.

Os interessados na funcionalidade devem buscar o selo “Works with Apple Find My” na caixa dos produtos ou no descritivo em lojas online.

A Samsung recentemente ingressou no mercado de rastreamento de equipamentos com o anúncio da Galaxy SmartTag, um penduricalho de R$ 199 que fica associado à Conta Samsung e também se comunica com os smartphones da marca, caso seja necessário apontar sua localização no mapa.

A Apple explicou que o Find My não pode funcionar em conjunto com outra rede de rastreamento. No futuro, usuários teriam que escolher entre se conectar a este sistema ou ao sistema da Samsung, por exemplo, caso adquiram um produto que consiga falar com as duas redes.

Apesar dos anúncios desta semana, os consumidores brasileiros precisarão de paciência, pois até agora não foi apresentado nenhum produto com a nova função.

Marcação

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Agregadores

Agregalinks - O melhor agregador de links para blogs

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 3 outros assinantes